segunda-feira, 16 de abril de 2012

Base militar da ONU é bombardeada no Sudão do Sul


Base de missão das Nações Unidas é alvo de bombardeio de aviões de guerra em ataques do Sudão ao Sudão do Sul, de acordo com a ONU. Os confrontos na fronteira entre os países já haviam deixado pelo menos sete civis mortos no último domingo.

Nesta segunda-feira o parlamento do Sudão aprovou uma resolução que declara o país do sul um inimigo. O presidente do parlamento também declarou que o governo sudanês pretende derrotar o Movimento Popular de Libertação do Sudão, que atualmente estão no poder no Sudão do Sul.

Entre 1983 e 2005 o Sudão foi palco de uma guerra civil. Em julho de 2011 o Sudão do Sul se tornou independente. Mas em março deste ano os dois países começaram a se enfrentar após o Sudão do Sul tomar na fronteira a cidade de Heglig, principal campo petroleiro do Sudão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário