sábado, 14 de abril de 2012

Conselho de Segurança aprova envio de observadores a Síria


O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade a Resolução 2042 que autoriza o envio de observadores a Síria para supervisionar o cessar-fogo no país. Os 15 países membros do Conselho se reuniram neste sábado em Nova York e garantiram o envio de 30 observadores militares desarmados.

Houve uma tentativa de se realizar a votação anteriormente, mas a Rússia se opôs. Porém desta vez os russos foram a favor da Resolução. O plano do enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe a Síria, Kofi Annan, é o fim da violência no país, o direito a manifestação pacífica e um diálogo entre o governo e opositores do regime de Bashar al-Assad.  

Entre os pedidos do documento estão as de que a segurança dos observadores seja garantida sem limitar sua liberdade de acesso, além de que o governo sírio permita o acesso das organizações humanitárias.
Mesmo com o cessar-fogo, que entrou em vigor no último dia 12, há relatos de que neste sábado houve um bombardeio em Homs, de acordo com a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos.  Após o cessar-fogo pelo menos 18 pessoas já morreram em ataques. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário