quinta-feira, 12 de abril de 2012

Parlamento egípcio deve restringir participação política de membros do antigo regime


Membros do antigo regime de Hosni Mubarak podem ter a participação na política do país restringida. De acordo com uma emenda de lei aprovada nesta quinta-feira pelo Parlamento egípcio, eles estão proibidos de se candidatar às eleições ou assumir cargos de alta responsabilidade. A lei deve passar e ser aprovada ainda pelo Conselho Supremo das Forças Armadas, que assumiu o poder em 11 de fevereiro de 2011.  

De acordo com os parlamentares, a lei impede qualquer presidente, vice-presidente, primeiro ministro ou líder do dissolvido Partido Nacional Democrático de exercer os direitos políticos por dez anos. As próximas eleições presidenciais estão marcadas para o próximo mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário