domingo, 29 de abril de 2012

primeiro-ministro francês rebate acusações de site sobre Sarkozy


O site Mediapart revelou um documento que aponta que o candidato a reeleição presidencial na França, Nicolas Sarkozy, recebeu financiamento do ex-ditador líbio, Mummar kadafi, durante a campanha eleitoral de 2007. De acordo com o site a quantia foi de € 50 milhões. Contudo o primeiro-ministro francês, François Fillon, negou neste domingo as acusações.

De acordo com Fillon, o site estaria fazendo uma manobra política às vésperas das votações do segundo turno das eleições presidenciais para favorecer o candidato socialista, François Hollande, e que o documento de origem do regime secreto da Líbia é uma falsificação. Ainda segundo Fillon, a campanha de Sarkozy em 2007 custou € 20 milhões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário